Segunda edição do Prêmio Acic de Valorização do Profissional da Educação encerra com entrega de premiações




Cinco educadores foram premiados na noite desta quinta-feira, 5, durante cerimônia realizada na Associação Empresarial de Criciúma (Acic). Os vencedores do Prêmio Acic de Valorização do Profissional da Educação receberam premiação em dinheiro, certificado, troféu, bolsa de inglês da Escola RockFeller Language Center e bolsa de estudo de pós-graduação da Unesc.

“Tenho 20 anos de magistério e a cada ano aquela sementinha plantada lá no início floresce. É um desafio a fazer coisas novas, para ser o melhor que podemos dar a nossos alunos”, afirma Angela Clarice Donboski, professora da escola municipal Professor Jairo Luiz Thomazi, de Criciúma, a grande vencedora da segunda edição do prêmio.

A segunda colocação ficou com a professora Maria Liberaci Motta, da escola Francisco Hoepers, de Forquilhinha. A terceira colocada foi Raquel de Souza Barbosa, da escola Padre Miguel Giacca, de Criciúma. Suélen da Conceição Gomes, da escola Waldemar Casagrande, de Forquilhinha, conquistou o quarto lugar. Já Maria Aparecida da Silva, da Escola São Rafael, de Içara, garantiu o quinto lugar.

“Hoje conheceremos os vencedores, com todos os méritos que eles merecem. Mas queremos parabenizar a todos que participaram, por fortalecer essa ação e levar a seus alunos propostas diferenciadas, valorosas, que certamente colaboraram para o aperfeiçoamento do processo de ensino desenvolvido em suas escolas e, acima de tudo, elevaram o nível de educação oferecido”, ressalta o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

A cerimônia de premiação contou também com a palestra “Professor como agente de transformação”, proferida pelo consultor Timóteo Farias. Relatando as próprias experiências, ele enfatizou o papel dos educadores na vida dos alunos.

Participação

A coordenadora de Projetos Educacionais da Acic, Rose Reynaud, ressalta a contribuição do prêmio para a comunidade. “Essa ação é sempre muito importante, embora poucos professores entendam e participem deste movimento. Aqueles que aderiram ao prêmio e foram até o final temos certeza que tiveram um grande aprendizado. Conseguimos perceber a alegria dos profissionais que ousaram participar, que ousaram ser criativos e que ousaram se autoavaliar”, comenta.

Participaram desta edição do prêmio pedagogos que atuam do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental em escolas públicas (municipais e estaduais) de Criciúma e de quatro dos outros sete municípios que participam do Prêmio Acic de Matemática: Nova Veneza, Içara, Cocal do Sul e Forquilhinha.

“Cada professor que participou irá receber por e-mail um relatório do desempenho dele, com a menor e a maior nota do prêmio, para que ele olhe para si mesmo e perceba onde pode melhorar e se qualificar. Com isso, ele vai promover a melhoria do trabalho junto às crianças, que são o principal objetivo do prêmio”, completa Rose.