Projeto Concórdia Mais Segura: Tecnologia de ponta a serviço da segurança dos cidadãos




A Associação Empresarial de Concórdia (ACIC), a Polícia Civil e a Administração Municipal de Concórdia apresentaram à comunidade as informações detalhadas sobre o projeto “Concórdia Mais Segura”, viabilizado através do Fundo Municipal dos Direitos Difusos (FMDD). O delegado regional, Marcelo Nogueira, entende que o projeto irá auxiliar a Polícia Civil na investigação de delitos e inibir a prática de crimes em estabelecimentos de Concórdia. “É um projeto pioneiro na região e que trará bastante eficiência para a investigação policial, com maior resolução dos crimes”, destaca o delegado. A iniciativa consiste em integrar as câmeras de vigilância, instaladas em estabelecimentos comerciais, ao sistema da Polícia Civil. Isso possibilitará que os policiais obtenham as imagens desses estabelecimentos com muito mais rapidez. Atualmente, sem um sistema integrado, em caso de furto ou arrombamento, a Polícia precisa ir até o local e solicitar as imagens, perdendo um precioso tempo, que pode dificultar a resolução desses delitos.

O presidente da ACIC, Márcio Zanatta, destacou que o projeto já está devidamente concretizado e se constitui numa grande conquista para a comunidade. “A ACIC sente-se honrada em ver que esse projeto é realidade. Foram muitas discussões e muitos estudos. Agora, finalmente, o Concórdia Mais Segura está materializado”, comemora. A iniciativa é pioneira no Oeste de Santa Catarina. No Estado, apenas as cidades de Joinville e Jaraguá do Sul detêm tal tecnologia. Até agora, 52 câmeras de vigilância já estão integradas. “Esse é o número que temos para iniciar o projeto”, assinala o delegado regional, Marcelo Nogueira. A tendência é de que, durante a operacionalização do sistema, a adesão dos empresários e da comunidade cresça significativamente. A tecnologia, aplicada à área de segurança, foi objeto de um amplo estudo, que contou com a participação da ACIC, da empresa associada, Speed Redes e da Polícia Civil.

Sistema Camerite

O Projeto “Concórdia Mais Segura” utilizará a plataforma denominada “Camerite” – o maior sistema de videomonitoramento na nuvem da América Latina. A plataforma conta com opções avançadas de inteligência artificial, proporcionando mais economia, eficiência e praticidade. Atualmente, o sistema Camerite possui mais de 2.500 parceiros, mais de 300 mil usuários e mais de 600 cidades monitoradas. A tecnologia colabora para a segurança de comunidades espalhadas por todo o país e oferece bem-estar ao dia a dia das pessoas. A Inteligência Artificial da plataforma Camerite foi desenvolvida para identificar e resolver situações, envolvendo furtos, arrombamentos e assaltos, reduzindo ocorrências e realizando ações de forma mais ágil e rápida, possibilitando que a Polícia Civil dê uma resposta mais imediata na resolução dos crimes praticados contra os cidadãos.