Lideranças do Alto Vale conhecem ações bem-sucedidas lideradas pela ACIM Maringá




Para fortalecer o Sistema Associativo e Cooperativo e auxiliar no processo de desenvolvimento das empresas, representantes de entidades e da prefeitura de Rio do Sul foram recebidos na segunda-feira, 11, na Associação Comercial e Empresarial de Maringá – ACIM.

A programação contou com apresentações das atividades do Conselho de Desenvolvimento Econômico da cidade, do Masterplan, do Observatório Social, do Instituto Mercosul, da Sociedade de Garantia de Crédito Noroeste Garantias e do Instituto Cultural Ingá. A agenda incluiu ainda visita à sede da EVOA – Aceleradora de Startups.

“O case de Maringá é bastante singular. Mesmo estando distante dos grandes centros e já tendo registrado altos índices de violência, em um processo de mais de 20 anos liderado pela ACIM foi possível avançar, tornando hoje a cidade referência para todo o Brasil, envolvendo nesse processo quase duas dezenas de municípios, como Londrina, Paranavaí, Arapongas, entre outros. A missão foi extremamente válida para fazer um benchmarking e conhecer o comportamento e as atividades daquelas pessoas que mudaram para melhor toda uma região”, destaca o presidente da ACIRS, Eduardo Schroeder.

Maringá, por exemplo, entre tantos títulos importantes, já foi eleita a melhor cidade para se viver no Brasil, a 9ª melhor para negócios, a 12ª com maior balanço comercial do país, a mais pacífica do Paraná, a melhor cidade paranaense em saneamento e com o 2º maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado.

Participaram da viagem, coordenada pela Fundação Empreender, em parceria com o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Rio do Sul – Codensul:

Ernesto Berkenbrock e Adriano Zimmermann (Fundação Empreender), Ciro José Cerutti e Juliana Verdi (Codensul), Eduardo Schroeder (ACIRS), Luis Carlos Demarchi (ACIRS e Sinfiatec), Pedro Leal da Silva Neto (Sinfiatec e Fiesc), José Luiz do Nascimento, Rafael Macedo, Denise Peres Farias Marcon e Laiana da Silva Ossemer (Prefeitura de Rio do Sul), Denise Fernandes e Ricardo Kozoroski Veiga (IFC), Francisco José Cardoso (CDL), Giovane Honorato de Carvalho (Sesi), Maristela Macedo Poleza e Mehran Ramezanali (Unidavi), Nilo Mateus Becker (Sindicato Rural), Aldo Kaestner (Simmers) e Arno Nardelli (Sinduscon).