Empresários da ACIL recebem secretário de Planejamento e Obras em sua última reunião de 2019




A diretoria da Associação Empresarial de Lages (ACIL) recebeu na reunião desta segunda-feira, 02 de dezembro, o secretário de Planejamento e Obras de Obras (SPO), João Alberto Duarte, o diretor de urbanismo e planejamento, Roberto Provenzano, e o engenheiro Wilson Tadeu Besen. Na pauta o andamento das obras de revitalização do Centro e do Mercado Público, pavimentação de ruas e sistema de atendimento digital.

Sobre o programa Minha Rua Melhor, que tem como objetivo a pavimentação de ruas importantes para o funcionamento da cidade, o secretário informou que está sendo executado por meio de um convênio firmado entre a Prefeitura de Lages e a Caixa Econômica Federal, que tem o valor de R$ 30 milhões destinado às pavimentações e R$ 5 milhões para desapropriações. Segundo ele, as pavimentações são executadas por empresas vencedoras de licitação e, também, por equipe própria do município.

São 12 ruas que estão em processo de pavimentação por licitação, doze ruas estão sendo licitadas, três ruas em processo de pavimentação por equipe própria e cinco ruas foram concluídas com execução do serviço por meio de equipe própria. (Abaixo o nome das ruas contempladas até o momento).

Com relação a revitalização do Centro de Lages, que teve a primeira fase da obra concluída com a abertura da Praça João Costa no último dia 23, João Alberto explicou que iniciaram a nova a nova fase do projeto de revitalização com a Praça João Ribeiro (Catedral), para posteriormente ser trabalhado o Calçadão Tulio Fiuza. Na sequência, seguirá a revitalização das Ruas Nereu Ramos, Coronel Córdova e trecho da Rua Correia Pinto. Quanto ao Mercado Público, a informação é de que a obra foi retomada e está com 55% dela concluída.

O diretor de urbanismo e planejamento contou que a Secretaria já está trabalhando com o sistema de protocolo digital. O objetivo é desburocratizar e facilitar a vida do contribuinte. “Sabemos que até que todos se adaptem a este sistema vai levar algum tempo. Este sistema já está em funcionamento e quem não tiver os documentos digitalizados, poderá ir até o Protocolo Central da Prefeitura, lá tem um scanner e vai agilizar os processos que envolvem a Secretaria”, explicou Provenzano. Sobre a digitalização do acervo do cadastro imobiliário, ele informou que está em fase de estudo para uma futura licitação.

Outra informação repassada por Provenzano é sobre o Aprova Digital, um software para aprovação de projetos e consultas de viabilidade que permitirá que o contribuinte dê entrada e acompanhe seu processo totalmente on-line, com isso diminuirá o tempo de aprovação de projetos e irá desburocratizar o sistema. O sistema já foi licitado e está em fase de implantação.