Empresários acompanham o andamento das obras do aeroporto de Navegantes em reunião da ACIN




A reunião da Associação Empresarial de Navegantes da última terça-feira (08/10) contou com a presença do atual superintendente do aeroporto, Jaison Rafael Mello. Na ocasião, o representante da Infraero apresentou a atual infraestrutura do terminal e a movimentação registrada nos últimos anos. Em seguida mostrou o cronograma das obras para um público formado por empresários ligados a entidade.

De acordo com o superintendente, os trabalhos de reforma, ampliação e modernização do terminal de passageiros, que iniciaram em junho deste ano com previsão de entrega para dezembro de 2010, estão dentro do cronograma previsto.

Jaison destacou, em sua apresentação, a luta incansável da classe empresarial de Navegantes, através da ACIN, na busca pelos recursos junto a Governo Federal. Segundo ele, ao todo serão investidos R$ 47,5 milhões no aeroporto, que hoje conta com 5,2 mil metros quadrados de área total construída, e que ao final dos trabalhos terá 13,6 mil metros quadrados.

O presidente da Acin, Liba Fronza, reforçou a ideia do apoio da Associação ao desenvolvimento do aeroporto e a cobrança ao envolvimento do poder público municipal para a construção das vias de acesso ao aeroporto.

Rinaldo Luiz de Araújo, ex-presidente da Acin, lembrou que foram anos de luta, desde 2014, ainda da gestão do presidente Osmari de Castilho Ribas, a entidade tem se empenhado em destacar a importância desse aparelho urbano para toda a região, que além de um centro de negócios gerador de emprego e renda tem um importante papel social. “Gostaríamos de agradecer o apoio do atual superintendente, que sempre esteve nos bastidores deste debate nos apoiando e dos superintendentes anteriores que sempre nos abriram as portas do aeroporto e nos subsidiaram com as informações necessárias para exigir recursos e o apoio do Fórum Parlamentar Catarinense e do Governo Federal”, destacou.

As obras estão sendo conduzidas pela Construtora Porto Beton, vencedora da licitação.Os trabalhos fazem parte de um conjunto de medidas da Infraero para garantir mais conforto e segurança a usuários e passageiros. Estão previstas a ampliação e reforma das áreas de check-in, embarque e desembarque, com climatização total da área e instalação de novas esteiras, elevadores e escadas rolantes, além do aumento da área dos sanitários.

O terminal também terá as áreas comerciais ampliadas, bem como dos órgãos públicos e da infraestrutura básica do aeroporto, tais como energia elétrica e abastecimento de água, por exemplo. Está previsto também uma melhoria de todo o conjunto de navegação aérea para melhorias operacionais e de segurança.