Em Criciúma, Bairro da Juventude é tema de exposição fotográfica no Cultura Acic




O Projeto Cultura Acic abriu na tarde desta quarta-feira, 11, a exposição fotográfica “Uma vida por vez”, uma homenagem aos 70 anos de fundação do Bairro da Juventude. A produção fotográfica tem a assinatura do fotógrafo Rogério Silveira. O profissional deu um olhar especial a exposição da instituição, captando através das imagens e seus personagens a história de sucesso, superação e amor construída pelo Bairro da Juventude.

São quase 40 fotografias que retratam um trabalho delicado, humano e pessoal que a entidade realiza ao atender crianças, adolescentes e jovens. “É um trabalho que não pode ser visto em números ou índices, mas no sorriso daqueles que respiram essa realidade”, pontua o fotógrafo Rogério Silveira, que também é voluntário do Bairro da Juventude.

“Queremos agradecer ao fotógrafo, aos professores e alunos que colaboraram com a montagem da exposição, a Acic e a todos os envolvidos. Quem conhece de perto o Bairro da Juventude muda sua visão sobre a instituição. Convido a todas a conhecer a nossa estrutura. Essa exposição é uma oportunidade de mostrarmos um pouco a entidade”, coloca o presidente do Conselho Deliberativo do Bairro da Juventude, José Altair Back.

A coordenadora do Projeto Cultura Acic, Iara Gaidzinski, também destacou a importância de reconhecer e enaltecer a história do Bairro da Juventude.

A exposição fotográfica “Uma vida por vez” permanece na galeria de arte da Acic até fevereiro de 2020.

Sobre o artista

Rogério Silveira, 47 anos, iniciou seu trabalho como fotógrafo há 30 anos na área publicitária. Natural de Novo Hamburgo/RS, em 2004, fixou residência em Criciúma/SC e, desde então, vem atuando com diversas marcas e conciliando seus trabalhos na cidade com o estúdio fotográfico que também mantém em Porto Alegre/RS.

Bairro da Juventude

Há 70 anos foi confiada ao Bairro da Juventude uma Missão: nela estava a responsabilidade, o amor ao próximo, a oportunidade e a transformação. O tempo passou e ao longo da sua história, estes ingredientes ainda sustentam o dia a dia da Instituição.

Contribuir para a defesa dos direitos de crianças, adolescentes e jovens e para o crescimento da sociedade são grandes motivadores para o Bairro da Juventude que conquistou, a partir de seu trabalho, credibilidade para buscar parcerias essenciais para o desenvolvimento de seus projetos e ações.

O Bairro da Juventude atende aproximadamente 1,5 mil crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, em período integral, vindos de 82 bairros do município de Criciúma.

Colaboração: Deize Felisberto  – Assessoria de Imprensa ACIC