ACIC Chapecó faz campanha para compra de respiradores destinados ao Hospital Regional do Oeste




Em razão da dimensão da pandemia do novo Coronavírus que atinge todos os continentes e chegou com virulência em território brasileiro, os empresários de Chapecó iniciaram uma campanha de vital interesse público: arrecadar 1 milhão de reais para adquirir 12 respiradores destinados à UTI do Hospital Regional do Oeste.

A iniciativa é a da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). Nos primeiros dois dias já foram obtidos 200 mil reais em doações.

         O presidente Nelson Eiji Akimoto observou que a extraordinária velocidade de disseminação do vírus colocou em situação de colapso os sistemas de saúde de vários países, gerando uma crise humanitária sem precedentes em face de impossibilidade material de prestar assistência médica e nosocomial a todos os infectados.

         O empresário lembra que a condição mais frequente nos portadores da Covid-19 que necessitam de internação é a falência respiratória, situação que exige o emprego de respiradores. “A falta desse equipamento leva, inexoravelmente, os pacientes graves a óbito.”

         A campanha da ACIC se fundamenta no fato de que não existem respiradores em número suficiente na  rede pública nem na rede privada para o atendimento de pacientes. Por isso, a Associação lançou uma campanha para arrecadação de fundos financeiros que permitam ao maior hospital filantrópico de Santa Catarina, o Hospital Regional do Oeste (HRO), adquirir 12 respiradores para ampliar a capacidade de atendimento de sua UTI.

         O presidente disse que o empresariado não pode ficar esperando soluções do Poder Público porque as demandas que surgirão serão muito superiores à capacidade da União, do Estado e do Município em atender.

         COMO PARTICIPAR

         A contribuição financeira deve ser depositada na conta do próprio Hospital Regional do Oeste: Nome: Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (CNPJ: 02.122.913/0001-06). Cooperativa/Banco: SICREDI. Agência: 0258. Conta: 4759-9.

         O depósito precisa ser identificado. Assim, o doador pode procurar o setor financeiro do Hospital (FINANCEIRO5@HRO.ORG.BR) para obter o recibo contabilizável.

         Akimoto disse que a meta de 1 milhão de reais parece alta, mas é viável, necessária e urgente. “Se considerarmos quantas vidas serão salvas e se cotejarmos com o PIB de Chapecó (8,8 bilhões de reais) veremos como essa tarefa é viável”. Ele está confiante porque “a comunidade chapecoense tem uma capacidade surpreendente de união e cooperação em favor de causas nobres e de real interesse coletivo.”

         A associação empresarial também abriu uma alternativa: as pessoas ou empresas que compraram ingressos para o ACIC+GESTÃO (evento cancelado em  razão da Covid-19) poderão doar o valor dessa aquisição para a campanha agora lançada, em lugar de receber a restituição a que têm direito.