ACIC Chapecó conhece projeto “De Olho nas eleições” do Observatório Social de Chapecó




A diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Chapecó (ACIC) esteve reunida, nesta semana, com representantes do Observatório Social de Chapecó (OS) para conhecer o trabalho que a instituição desenvolve em benefício da sociedade. O objetivo do encontro foi estabelecer parcerias com entidades representativas como a ACIC, para criar uma coalizão que envolva o maior número de colaboradores possível. 

O Observatório Social foi criado em 2015 e tem contribuído com a fiscalização de ações e obras públicas a partir da colaboração de voluntários que se uniram pelo propósito de controle social e o exercício da cidadania. No Brasil, o OS está presente em 149 cidades de 19 Estados. Só em Santa Catarina já somam 29 com mais de 3,5 mil voluntários envolvidos e com economia de mais de R$ 4 bilhões para os cofres municipais. “Temos um trabalho focado em qualificar o serviço prestado pelos candidatos, promover a transparência e o acesso as informações e garantir que as propostas eleitorais sejam efetivadas”, explica o presidente do OS de Chapecó, Mário Miranda.

O projeto apresentado na reunião foi o “De olho nas eleições”, idealizado para execução em 2020 com a mobilização de entidades representativas, dos partidos políticos, dos candidatos e dos eleitores para uma grande campanha em favor da qualificação do voto. “Nosso objetivo é unir a sociedade para um bem comum, colher informações, compilar e apresentá-las para os eleitores a fim de que eles possam julgá-las de forma consciente antes de votar”, afirma Miranda.

Entre os objetivos do projeto estão promover debates com as entidades parceiras, mobilizar os partidos políticos e as coligações, incentivar a qualificação e a capacitação dos candidatos por meio de cursos da Escola de Cidadania do Observatório Social do Brasil. Além disso, conscientizar os eleitores, viabilizar a assinatura de um termo de compromisso para execução das ações propostas pelos candidatos a prefeito e vereador e acompanhar o mandato para certificação de que as propostas sejam cumpridas.

O presidente da ACIC, Nelson Eiji Akimoto, realça que é preciso trazer soluções, não apenas apontas críticas. Nesse sentido a associação tem muito a contribuir. “O empresário tem que participar da política e a entidade traz a importância de se refletir sobre o voto e de estar atento ao posicionamento e as iniciativas do Governo. Vamos acompanhar de perto e apoiar para que o ‘De olho nas eleições’ seja um projeto forte e efetivo”, conclui.