Prefeitura de Imbituba vai implantar Programa de Desenvolvimento Econômico Local em parceria com a ACIM

14/11/2017. Publicado na categoria:

morro-antena

Uma proposta de modelo de gestão para o desenvolvimento de Imbituba e região, garantindo a continuidade de projetos de interesse da comunidade, em prol do desenvolvimento econômico sustentável do município. Esse é o Programa de Desenvolvimento Econômico Local – DEL, proposto ao município pela Associação Empresarial de Imbituba – ACIM e a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina – Facisc, uma metodologia importada da Alemanha. A Prefeitura de Imbituba implantará o projeto que foi aprovado Câmara de Vereadores na sessão desta segunda-feira, 6.

O DEL cria uma plataforma de diálogo entre parceiros públicos, setor empresarial e atores não governamentais. Os resultados desse envolvimento são reflexo de um trabalho coletivo e colaborativo, aparecendo na forma do desenvolvimento local e sustentável.

Segundo o prefeito Rosenvaldo Júnior a participação da sociedade e o pensamento a longo prazo que o DEL oferece estão de acordo com o seu alinhamento de governo. “Não podemos pensar em mudar de rumos a cada 4 anos. Acredito que, instituindo um modelo de gestão capaz de contribuir para o desenvolvimento, seja a chave para planejarmos uma Imbituba melhor a longo prazo, unindo a iniciativa pública e privada para garantir projetos de interesse da comunidade, em prol do desenvolvimento econômico sustentável. Tudo feito em parceria e por meio da implementação da política de desenvolvimento sócio econômico”, afirma.

Jaime Pacheco Alves, presidente da ACIM afirma que “no DEL, parceiros públicos, o setor empresarial e atores não governamentais trabalham coletivamente para melhorar as condições de crescimento econômico e da geração de emprego. Os municípios são replanejados com projeção de 20 anos à frente. Ainda em 2016, tivemos o compromisso do prefeito Dr. Rosenvaldo Júnior para a viabilização do programa. Inclusive fizemos duas visitas a Braço do Norte, onde o DEL já vem mostrando resultados”, destaca.

Há três principais premissas do DEL. A primeira é que a cidade é protagonista, o município é quem decide o planejamento e as ações, a associação oferece a metodologia. A segunda premissa é que todos participam, as entidades representativas, a comunidade local, toda a sociedade civil é chamada para integrar as câmaras técnicas, sendo que Poder Público não fica isolado. E a terceira é o planejamento a longo prazo, supra governos, para que os projetos tenham início, meio e fim e realmente estejam alinhados com o desenvolvimento econômico sustentável.

Resultados sustentáveis para sociedade

 

  • Melhora da qualidade de vida;
  • Ambiente favorável para a atração de investimentos;
  • Capacidade de desenvolvimento aliando perspectiva econômica e qualidade de vida da população de forma sustentável a médio e longo prazo;
  • Fortalecimento da parceria entre o setor público e privado;
  • Melhora da credibilidade dos conselhos de desenvolvimento municipais

 

Cadastre-se e receba nossas notícias: