Educação empreendedora foi tema de debate promovido pela ACI de Lages

17/07/2017. Publicado na categoria: Educação empreendedora

003

Estimular a cultura empreendedora nos diferentes níveis educacionais foi o foco do debate promovido pelo Núcleo do Jovem Empreendedor da ACIL (ACIL Jovem), na noite desta quinta-feira (13/07), no auditório da entidade. O debate fez parte das atividades da Semana Estadual de Incentivo ao Jovem Empreendedor Catarinense (SEMANAJE), promovido pelo Conselho Estadual do Jovem Empreendedor (CEJESC) com apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Lei nº 15.833/2012. O objetivo desta edição da SEMANAJE foi debater as ações existentes voltadas para educação empreendedora.

A nível fundamental, foi apresentado o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), uma solução que faz parte do Cidade Empreendedora, um projeto do Sebrae em parceria com a Prefeitura de Lages. O JEPP tem previsão de início em agosto e a partir de 2018 todos os alunos da rede pública municipal terão acesso a ele. Mais de 10 mil alunos terão a oportunidade de desenvolver habilidades e comportamentos empreendedores, aprendendo de forma lúdica a serem responsáveis, pró ativos e a tomarem suas decisões.

Para alunos que frequentam o ensino médio, os programas disponíveis em Lages são Junior Achievement e Geração Empreendedora, que buscam despertar o espírito empreendedor nos jovens através de atividades que ensinam ética, economia pessoal, como montar e conduzir seu negócio, entre outras.

Com relação ao ensino superior, além de alguns cursos que tem em sua grade curricular matérias sobre empreendedorismo, o acadêmico Daniel Ribeiro falou sobre a Pró Engenharia Junior, uma empresa júnior gerida por alunos do curso de Engenharia Civil que atua no desenvolvimento de projetos, ensaios tecnológicos e acompanhamento de obras.

Já para quem busca uma alternativa ou quer dar um passo além da universidade existe o projeto Reuni, onde o universitário cadastra sua ideia, que pode se transformar em um negócio através de investimentos de terceiros. Outra alternativa apresentada foi o associativismo, que é a mobilização de pessoas ou empresas com necessidades e interesses comuns, que buscam superar as dificuldades e vencer os desafios em conjunto.

Na parte final do debate foram respondidos a quatro questionamentos: o que é empreendedorismo; quais os maiores entraves enfrentados que dificultam a prática empreendedora na sociedade; de que maneira podemos atuar para integrar os diferentes perfis e gerações com o objetivo de atingir a inovação e a criatividade em diversos contextos; e como nós podemos convergir todas as ações apresentadas de forma a fomentar o empreendedorismo no nível fundamental, médio, superior e pós. As respostas serviram como base para a realização um mapa mental, que será formatado e divulgado em breve pela ACIL Jovem.

O debate contou com a participação de mais de 50 pessoas, entre elas o presidente da ACIL, Sadi Montemezzo; o coordenador da ACIL Jovem, Eduardo Broering; o vice prefeito de Lages, Juliano Polese; o coordenador regional do Sebrae, Altenir Agostini; o diretor executivo da Junior Achievement SC, Evandro Badin; a coordenadora do Geração Empreendedora em Lages, Daniela Fiúza; gestor da Pró Engenharia Junior, Daniel Ribeiro; o coordenador da CDL Jovem, Pedro Ceron; o diretor geral do IFSC – Lages, Thiago Meneghel; o coordenador do projeto Reuni, Claiton Camargo; o presidente do Instituto Órion, Roberto Amaral. O mediador do debate foi o consultor da FACISC, Giovane Pereira.

Cadastre-se e receba nossas notícias: