5º Festival Nacional da Cuca encerra com sucesso de público e premiação do Concurso Cuca Nota 10 do Brasil

09/07/2018. Publicado na categoria: Empreender

IMG_1718

Um grande sucesso. Assim pode ser definida a 5ª edição do Festival Nacional da Cuca que encerrou no final da tarde de domingo, 8 de julho. Realizado pelo Núcleo de Panificadoras da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr) em parceria com a Prefeitura de Brusque, o evento ocorreu no Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof desde a sexta-feira, 6, e registrou a presença de um grande número de público em três dias de realização.

Seja para comprar as delícias no mercado da cuca, ou para degustar as mais variadas opções gastronômicas no café colonial ou na opção tipo combo, o Festival recebeu a visita de centenas de pessoas de Brusque, da região, de diversos locais de Santa Catarina e do resto do país, comprovando mais uma vez o potencial do evento que já faz parte do calendário da cidade.

Fruto do Programa Empreender da Facisc, o Núcleo de Panificadoras da ACIB é um dos contemplados pelo projeto Empreender Competitivo uma iniciativa da CACB (Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil), coordenada no estado pela FACISC com ações executadas pelas Associações Empresariais que tiveram propostas aprovadas na Chamada Nacional de Projetos, realizada pela Confederação.

O objetivo do Empreender Competitivo é apoiar e estimular a competitividade das empresas participantes dos núcleos do Programa Empreender que estão em estágio maior de desenvolvimento e maturidade.

A Cuca Nota 10 de 2018

O Festival encerrou com a divulgação dos vencedores do Concurso Cuca Nota 10 do Brasil. Dos 20 inscritos na disputa este ano, nove foram classificados para a grande final que teve como vencedoras: Sandra Terezinha Ribeiro, de Brusque, no terceiro lugar com a ‘Cuca De Limão’ e garantiu o prêmio de R$ 1 mil em vale-compras; Bruna Kunsler, de Indaial, que conquistou o segundo lugar e o prêmio de R$ 1.500 com a ‘Cuca de Nozes com Geléia de Damasco’; e a grande vencedora Liliana De Marco Matteussi, da cidade de Ituporanga, que trouxe a ‘Cuca Delícia de Quindim’ e levou a premiação de R$ 2 mil em vale-compras.

“A cuca foi feita especialmente para o Festival e desenvolvi ela em casa inspirada nos meus filhos, que amam quindim. Melhoramos receita juntos, me inscrevi e deu tudo certo. O objetivo maior era mostrar o meu trabalho e não esperava ganhar, pois havia muitos competidores experientes. Foi a primeira participação em um concurso e estou muito feliz. É algo que foi construído em família, então é ainda mais emocionante. Sem dúvida a partir de agora sempre vou voltar para Brusque”, comentou emocionada a vencedora deste ano, que é assistente técnica pedagógica.

Todas as receitas foram avaliadas por um júri e receberam notas por diversos critérios, como aparência, sabor, criatividade, riqueza dos produtos, entre outros. As 15 melhores receitas do Concurso deste ano a partir de agora farão parte do quinto livro de receitas do Festival. Além disso, a segunda cuca produzida ao longo das disputas pelos competidores foi para o leilão do evento, cujo valor arrecadado será destinado ao Projeto Vida.

Atrações

Durante o Festival o público pode conferir ainda a ‘Mini Cozinha’ voltada para as crianças fazerem sua própria cuca, além de exposição comercial e feira de artesanato. Outro diferencial do Festival nesta edição foi a aula show com técnico em Panificação e Confeitaria, Osvaldo Américo Pagliaci que encantou participantes do concurso e também o público presente. “O Festival é um momento de grande alegria, em especial em vermos mais uma vez que a parceria do setor empresarial com o poder público deu certo. Mostramos o que tem de bom em nossa cidade, que tem atendido cada vez mais o gosto do público. Foi um evento de sucesso, com um grande número de público e esperamos que em 2019 seja da mesma forma”, ressaltou na oportunidade o prefeito de Brusque, Jonas Paegle.

Para o diretor de Núcleos da ACIBr, Marlon Sassi, o sucesso da quinta edição do Festival comprova que cada vez mais a cuca, além de ser um patrimônio cultural da região também é um produto transformador. “Vimos ao longo das edições a força que a cuca tem na cultura de Brusque, já que aqui ela tem uma forma e um sabor diferente, o que chamou a atenção do público e faz o evento ter tanto sucesso. Hoje comemoramos a maior edição desse Festival que já está consolidado e recebe tantas pessoas. Por isso desejamos que cada vez mais a cuca esteja presente em todas as mesas em diversos os lugares. Que esse evento tenha cada vez mais força para atrair o turista em conhecer não só o Festival em si mas tudo o que a nossa cidade oferece de bom”, avaliou.

O diretor da ACIBr também destacou outra novidade deste ano: o aplicativo do Festival, que facilitou o acesso e a interação do público com informações, como a lista das panificadoras participantes e as receitas de todas as edição do Concurso.

Gastronomia valorizada

Um dos espaços que registrou novamente grande movimentação foi o Mercado da Cuca, que a cada edição oportuniza as panificadoras da ACIBr mostrar ao público seus produtos bem como lançar novos sabores. Gisele Jorge, da Sol Panificadora e Confeitaria, avaliou a quinta edição do evento de forma muito positiva. “A cada ano o Festival é mais conhecido, são muitas pessoas de fora que têm vindo, conhecido nossas cucas e voltado no ano seguinte. As vendas foram muito boas, tanto para nós como para as demais panificadoras com quem conversamos”, comentou.

Segundo ela, em média, nos finais de semana ao longo do ano a panificadora vende cerca de 200 cucas, já no Festival o número vai para aproximadamente 600. “Aqui o público vem direto, só escolhe o sabor, sem se preocupar com o preço. Ou seja: são pessoas que realmente gostam e querem a cuca. Sem dúvida participar desse evento é uma excelente oportunidade para divulgarmos nossos produtos e nos próximos anos vamos continuar marcando presença”, declara.

Outro espaço que atraiu olhares e apetites foi o café colonial do evento. Parceiro desde a primeira edição do Festival, o Schmitt Buffet e Eventos novamente foi a empresa responsável pelo espaço, que contou com 40 variedades de cucas – produzidas pelas panificadoras do Núcleo da ACIBr, além de 35 variedades de outros doces e mais de 30 opções de pratos salgados. “Ficamos muito felizes em ver o público prestigiando esse evento, desde os clientes de Brusque até turistas. E a gastronomia de Brusque, com foco na cultura alemã agradece isso. Sem dúvida para 2019 essa parceria deve se fortalecer ainda mais, como tem ocorrido nos últimos quatro anos”, destacou Rodrigo Schmitt.

Turista de São Paulo, Leandro Raizer foi um dos que aprovou as delícias e a estrutura do Festival. Pela primeira vez no evento ele aproveitou o período de férias e visita a Santa Catarina para conhecer com a família o sabor da tradição alemã. “Foi gratificante vir até aqui. Estamos visitando meu cunhado, que mora em Balneário Camboriú e aproveitamos a oportunidade. Comprei duas para levar para casa e pretendemos voltar, pois a nossa família adorou o evento”, afirmou.

Cadastre-se e receba nossas notícias: